Domingo, 14 de Junho de 2015

PORTUGAL ELIMINADO PELO BRASIL NA NOVA ZELÂNDIA

600.jpg

Brasil vence Portugal nos penais: 3 a 1

Hélio Sousa, selecionador de sub-20, acreditava que Portugal podia bater o Brasil na madrugada de domingo (14/06) (2h00), no Estádio Waikato, em jogo dos quartos de final do Campeonato do Mundo que está a decorrer na Nova Zelândia.

Em declarações aos jornalistas após o afastamento de Portugal do Mundial sub-20, com a derrota frente ao Brasil nas grande penalidades dos quartos de final:

«Não fomos capazes de concretizar tudo o que fizemos num jogo quase excelente, de uma qualidade e entrega enormes. Demos uma demonstração de identidade enorme, faltou concretizá-la no resultado».

«Fomos claramente superiores em todos os aspetos do jogo, menos na capacidade de concretizar as situações que criámos dentro e fora da área. Foi uma excelente competição para nós. Estes jogadores viveram momentos únicos que os ajudarão a ser mais fortes amanhã, a conquistar espaço no futebol português e a dar ao nosso futebol mais qualidade para o futuro».

«É dura esta eliminação porque estes jogadores mereciam a oportunidade de continuar a jogar e a mostrar a sua qualidade individual e isso acabou. É difícil, porque fomos melhores, mas não o suficiente».

«Os penáltis não são uma lotaria. Nós nunca falámos disso, o que conta é a capacidade. É um momento de jogo expresso após 120 minutos, continua a ser a capacidade do jogador ser melhor que decide, como no jogo jogado. Desta vez, uma ou outra decisão não foi boa e outras que seriam boas não foram executadas da melhor maneira».

«Ao fim de 120 minutos de um desgaste enorme um jogador tem de ser capaz para ter êxito e, desta vez, não aconteceu. Não devíamos sequer ter chegado àquele momento do jogo, pelo que fizemos antes, e depois faltou-nos capacidade. Se tivéssemos feito golo, após os primeiros 30 minutos da primeira parte, fica a sensação de que o jogo ficaria ali. Essa foi a sensação que ficou em quem assistiu».

[Questionado por um jornalista brasileiro se Raphael Guzzo, um dos jogadores de Portugal que falhou uma grande penalidade, seria mais criticado em Portugal por ter nascido no Brasil] «Raphael Guzzo é português, tão português como eu! A responsabilidade é minha, fui eu que o escolhi para marcar a grande penalidade».

Na quarta-feira (17/06) o Brasil vai enfrentar Senegal na semifinal.

publicado por srgiodefreitas1965 às 20:41

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. BRIOSA ENFRENTA BARRETOS ...

. SANTOS ENFRENTA BAHIA PRO...

. Marrocos oferece seguranç...

. Palmeiras abre o placar n...

. SANTOS ENFRENTA ESTUDIANT...

. Real Madrid bate Juventus...

. Santos perde Geraldino, c...

. SANTOS VENCE PALMEIRAS EM...

. BRASIL X ALEMANHA: A REVA...

. BOBAN MORRE EM CAMPO NA C...

.arquivos

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds